quarta-feira, 11 de agosto de 2010

Na gramática e na vida!


Eu te amei e Tu me amaste, pretérito perfeito.
Eu te amo e Tu me amas, meu presente.
E no futuro? Eu te amarei. Tu me amarás?
Seria um futuro mais-que-perfeito.
Na gramática eu já sei que não é. E na vida, será?

3 comentários:

  1. Na vida? Ah, só vivendo pra saber...

    Bjs =)

    ResponderExcluir
  2. rs!verdade, só vivendo pra saber...

    ResponderExcluir
  3. Adorei este post! Este verbo tem tantas conjugações, mais do que a gramática admite ter! O amor é verbo único mesmo...

    Abraço, flor!

    ResponderExcluir

Constatação!

Deve ser o silêncio da noite que nos permite ouvir melhor nossos sentimentos, e, as vezes, ele grita.